Saturday, May 27, 2006

A nossa cara não vos é nada estranha...

Bom, pois é: foi com base no post prévio a este que perdi várias horas da minha vida... sumidas nesse éter celeste a que chamamos Tempo...
mas pelo menos treinei os abdominais com barrigadas de riso e revi fotos que revelam o quanto dois determinados seres são extremamente fotogénicos... de uma forma especial, claro está...

Em homenagem a tal momento, decidi presentear-vos com esta colagem, de minha autoria, e à qual apelido de "Dois mongas, uma forma de ser"...

NOTA!!: o URL apresentado no anterior post deve ser consultado com a máxima das precauções... é de um vício maior que aquele que o comum dos mortais consegue suportar sem transformar completamente a sua vida...
eu falo por experiência própria: até há umas horas atrás eu era uma pessoa feliz... agora não passo de um farrapo que percebe que poderia ter sido uma das modelos mais famosas do Mundo... podia ter sido casado com um dos maiores ilusionistas de todos os tempos... e podia ter o nome feminino mais bonito que alguma vez existiu..
Para melhor compreensão do que aqui foi escrito, consultar a colagem abaixo:




Houve duas imagens que eu testei e que não retornaram matches, pelo que só posso concluir que eu e o Gaspaxo às vezes não nos parecemos com nada... são elas:

E antes de vos deixar entregues à vossa miséria depois do que já foi testemunhado, e com vocês a pensar "o que poderá ser pior do que isto", deixo-vos aqui com esta pequena pérola, perdida no âmago das minhas imagens pessoais e aplicada à lei e luz do MyHeritage:

Presumo que quem tenha visto o Team America deva estar neste momento a fazer uma macabra associação... em relação a isso, nada posso afirmar a não ser "Matt Damon"...

Friday, May 26, 2006

A tua cara não me é nada estranha

Descobri ontem um site completamente viciante, este site possibilita a análise das vossas caras e fazer uma lista de pessoas famosas, cujos traços se assemelham as vossos. Dá ainda a oportunidade de fazer comparações entre pessoas da família, ou simplesmente de alguém a quem tinham conseguido surrupiar uma foto(quem sabe se algum de voces vem a descobrir que é filho do padeiro?!?). A título de curiosidade, posso dizer que o programa encontrou parecenças entre mim e a Emma Watson (74%), Shinead O'Connor (68%), Kristin Kreuk (67%), Jennifer Connely (67%), Diane Kruger (62%), Kristin Davis (62%) , Michelle Rodriguez (62%) , Cristina Ricci (61%), Cameron Diaz(61%) e Keira Knightley (61%).

Aqui fica o link: www.myheritage.com

Divirtam-se

Thursday, May 25, 2006

Máxima

Nunca desistas de um sonho. Se não houver numa pastelaria, vai a outra...

Monday, May 22, 2006

Filmes e Teatro [UDPATED]

Bem estive ainda há pouco a ver o Missão Impossível 3... e sinto-me exausto... é como se me tivessem espancado durante todo o filme... o que fizeram à serie original (que recordo numa parte do meu cerebro infantil de uma maneira especial) é simplesmente impossível (hehe coloquei o assento no sítio certo... Hurray for me!!) de descrever em palavras... mas se a minha vida dependense disso eu diria qualquer coisa do género: "Assasinaram o conceito original da série com vários requintes de malvadez"!

Bem sinto-me incomodado quando vejo uma equipa realizar uma operação táctica (muitas armas, muitas explosões, muito "la femme nikita", muita acção) quando na série original a equipa executava tipicamente operações que envolvia muito cover e conseguirem introduzir-se no seio do inimigo, levando-o a auto-destruir-se de preferência mantendo um low profile, e sem grandes e espetaculares explosões e montes de mortes e tiros e bla bla bla... mas pronto... with that i could live...

Mas... o pior mesmo é a presença permanente do Tom Cruise - esse grande devorador de plancetas pelo que consta nas más linguas - no grande ecran... quer dizer... é o que eu digo sempre... um tipo olha para o cartaz da Missão Impossível e pensa: "isto não faz sentido... eles mencionam ali o nome do Tom Cruise em letras grandes... como se isso fosse uma coisa boa..." mas pronto... vou simplesmente admitir que isto é uma produção americana... e como sabemos os americanos são todos uns cowboys...

Bem mas nem tudo é péssimo no filme, temos o Tom e a história que é péssima assim como a falta de respeito pela série original, mas o resto do cast safa-se bem... e aparece um carro todo engraçado que no entanto é prontamente destruído :p

De qualquer forma nem mesmo as cenas em que o Tom Cruise parece estar em profundo sofrimento conpensam o facto de ele estar sempre no ecran...

Nem tudo é mau... e por isso deixo-vos aqui o anúncio de uma peça de teatro que recomendo que vão ver... bem... eu ainda não vi... mas recomendo à mesma... aqui fica então a publicidade (e com isto me despeço...):
___________________________________________
Fc-Acto - Grupo de Teatro da Faculdade de Ciências
TERRORISMO, dos irmãos Presniakov
Encenação: A. Branco

FATAL - Festival Anual de Teatro Académico de Lisboa - 3 EUROS (estudantes) 5 EUROS (normal)
Dia 9 de Maio (terça), às 21h30 - Teatro da Politécnica
(Rua da Escola Politécnica ao Príncipe Real)

28 (17h), 29, 30, 31 de Maio, 1 de Junho (21h)
Centro Cultural Casapiano
(Casa Pia de Lisboa - Rua dos Jerónimos nº 7)


SINOPSE
Um aeroporto fecha ao público por suspeita de um atentado bombista. Foi encontrada uma mala na pista. No parque de estacionamento do aeroporto, três homens: um não tem bagagem. Numa casa uma mulher encontra-se com o seu amante. Num escritório uma mulher enforca-se porque o marido a trai. Num banco de jardim, duas velhotas falam sobre a vida e a morte; um homem passa, a chorar. Num balneário, cinco polícias falam sobre uma explosão. No avião (finalmente) três homens conversam: um deles chora. Uma estrutura complexa que, subterraneamente, acaba por contar uma história; uma peça que desliza entre o terrorismo dos telejornais e o terrorismo dentro das nossas casas; uma comédia amarga e irónica.
___________________________________________

Update:
______

A peça é brutal, recomendo vivamente que a vão ver se tiverem hipótese para isso, no entanto ainda não estão confirmadas futuras datas (e respectivos locais) para a exibição, quando se souber qualquer coisa sobre isto podem contar com um novo update deste post (talvez no final deste mês de Maio).

Thursday, May 18, 2006

Evolution of dance

Aqui fica um videozito para vos alegrar nas horas mortas!



PS: Obrigado ao José Marques e ao meu irmão pela informação sobre o video. :D

Update:
Parece que a ligação directa do video ao blog não está la muito boa, mas podem ver o video aqui.

Monday, May 15, 2006

Estratificação Social no Desporto

Estava a ver a final do Estoril Open 2006 entre David Nalbandian e Nikolay Davydenko, quando me deu um ataque incontrolável de diarreia mental em versão desportiva. Para quem não sabe, antes de um tenista executar um serviço é necessário silêncio nas bancadas, porque enquanto não houver silêncio não há mesmo serviço executado.
Na minha perspectiva, o ténis pode ser legitimamente comparado com outro desporto de certa forma semelhante, o voleibol: em ambos, é projectada uma bola acima de uma rede que separa os jogadores, que pretendem projectá-la para uma determinada área de solo de forma a que os adversários não a alcancem; para o meu intuito, os pormenores podem ficar de parte. No entanto, o(a) excelentíssimo(a) senhor(a) tenista não pode ser incomodado pelo público aquando da execução do seu serviço e o(a) pelintra do(a) jogador(a) de voleibol tem de aturar os cânticos encetados pelo público enquanto serve. Há indubitavelmente uma incoerência: terá o público o direito de incomodar os tenistas ou os jogadores de voleibol a servir em silêncio? A resposta parece-me clara: não há desporto sem público e os desportistas vivem em função do seu público, directa ou indirectamente. Se os caros senhores tenistas querem servir em silêncio, que joguem sem público.
Outra questão bastante merecedora de reflexão é o motivo do aparecimento desta diferenciação regulamentar, que pode ser extendida aos restantes desportos. Já alguma vez ouviram um tenista ou um golfista dizer que teve muitos sacrifícios para seguir a sua carreira porque passou a sua infância num bairro de lata e a passar semanas de fome? Pois eu até agora não, mas já ouvi futebolistas dizerem-no; não estou a ver o Ronaldinho Gaúcho a fazer birra, recusando-se terminantemente a marcar uma grande penalidade devido ao extremo ruído existente num Camp Nou a rebentar pelas costuras. Porém, é bem provável que se alguém ousasse incomodar a eventual última tacada do excelentíssimo senhor Tiger Woods, esse alguém teria de abandonar a assistência ou caso contrário tal excelentíssimo senhor não executaria a sua tacada tão cedo.
Acho perfeitamente lógico afirmar que o estrato social dos praticantes do desporto está correlacionado com o regulamento imposto ao público assistente. Conhecidos desportos cuja prática é financeiramente exigente, como o ténis e o golfe, são notoriamente praticados e regulamentados por pessoas que acham que são merecedoras de uma tal reverência que supera a sua fonte de rendimento, isto é, acham-se mais importantes que o público que os assiste, sem o qual nada seriam.
O desporto acaba também por mostrar os reflexos das relações de altivez e humildade entre as classes sociais mais e menos poderosas, respectivamente, relações que sempre se verificaram ao longo da história da humanidade e que continuarão a existir no futuro.

Saturday, May 06, 2006

10 + 1 mandamentos...

Isto começou numa conversa depois da "Canção de Lisboa" em que um dos excelentíssimos colaboradores deste blog (leia-se Banzai) negou o facto de o primeiro mandamento ser "amar a Deus sobre todas as coisas"...

e depois continuou quando outro excelentíssimo colaborador deste blog (leia-se Leitão) me pediu para eu por cá os 11 mandamentos...

por isso aqui estão os 10 + 1 mandamentos (e vejam que até sou uma pessoa relativamente Cristã e praticante... mas e daí também sou boa pessoa e até gosto de ajudar os outros a ter razão... ou não...)

Os 10 mandamentos são:
1. Amar a Deus sobre todas as coisas.
2. Não tomar Seu santo nome em vão.
3. Guardar domingos e festas.
4. Honrar pai e mãe.
5. Não matar.
6. Não pecar contra a castidade.
7. Não furtar.
8. Não levantar falso testemunho.
9. Não desejar a mulher do próximo.
10. Não cobiçar as coisas alheias.
e o 11º é:

11. O Leitão sabe tudo.

mas este aqui eles não puseram porque na altura não perceberam (segundo o próprio citado) e pronto...

e como não faz mal nenhum um pouco de cultura e afins... aqui estão os 11 mandamentos...